Colunas


  • Diploma de jornalismo de volta: ainda bem!

    por Pedro Pomar: “A formação de nível superior é fundamental para qualificar os profissionais de jornalismo. Trata-se de uma profissão extremamente complexa, especialmente num país como o Brasil, em que o sistema de mídia ocupa um papel central na sociedade.”

  • Sobre répteis e Guevaras

    Por Izaías Almada Esta é uma fábula contemporânea, escrita em tempos que alguns animais aprenderam, de fato, a falar. Na natureza, a diferença que separa ou distingue os répteis de um ser humano, como Ernesto “Che” Guevara, por exemplo, é preenchida pela existência de vários outros seres, alguns deles até próximos a seres humanos como [...]

  • Fernando Haddad é o cara

    Há um Brasil ainda rançoso, rancoroso, culturalmente submisso, que procura ignorar e com isso resistir às mudanças dos últimos dez anos… Há um estado da federação no qual essa resistência é maior e que concentra milhares e milhares de eleitores ainda acostumados às mordomias da Casa Grande & Senzala…

  • “Negocia, Dilma!”

    A decisão do governo federal de endurecer com os funcionários públicos em greve, e abandonar a mesa de negociações, simulando conversas pontuais com uma ou outra categoria, é desastrosa qualquer que seja o desfecho da queda de braços. Como complemento de sua atitude de não negociar, o governo federal editou o decreto 7.777, uma retomada de práticas autoritárias de governos conservadores.

  • Profanação geral da república (*)

    Por Izaías Almada: Será uma manhã diferente igual a tantas outras. Acordarei que estava sonhando quando o sol, com seus raios dourados, tingir de prata o canto escuro do meu quarto iluminado. Será preciso enfrentar o silêncio com todo som que se acumula dentro da minha cabeça, pois antes de abandonar a luta há que desistir de tudo.

  • Ditadura militar ou ditadura civil-militar?

    Virou moda o emprego da expressão “Ditadura Civil-Militar” para designar o regime instaurado em nosso país por meio do golpe militar de março-abril de 1964. Ativistas de direitos humanos, ex-presos políticos, estudantes universitários, e até pesquisadores acadêmicos de renome vêm utilizando tal adjetivação.

  • O mês do cachorro louco e o “mensalão”

    Nessa perspectiva e para não fugir à regra, mas apenas como exercício intelectual de falsa futurologia, o calendário político brasileiro nesse ano de eleições municipais, selecionou o emblemático mês de agosto para início da campanha eleitoral e o julgamento do tal “mensalão”.

  • Manipulações & cia

    Por Izaías Almada Em discurso no encerramento do recente evento RIO+20 no mês passado, o presidente Rafael Correa, do Equador, enfatizou que há uma guerra não declarada a ser combatida pelos setores progressistas de todo o mundo. A guerra da mídia contra a verdade dos fatos e a criminosa manipulação de consciências que se faz [...]

  • Palavras, palavras, palavras…

    Sem fingir loucura, mesmo porque ela parece se insinuar cada vez mais em cada esquina das cidades em que vivemos, nos parlamentos, na imprensa e nos tribunais de justiça, peço licença ao mestre inglês para usar a sua frase e com ela tentar configurar alguns indícios das pequenas tragédias dos nossos dias.

  • Fotos, golpes, pitbulls e a real politik…

    Dias de fotos emblemáticas, fatos inesperados e o rosnar de pitbulls, quero dizer, dos analistas políticos do Partido da Imprensa Golpista, para os quais, aliás, o presidente do Equador Rafael Correia, em discurso no encerramento da Rio+20 foi brilhante, ao explicar didaticamente para incautos e incultos o significado da guerra silenciosa..

Página 4 de 21« Primeira...234561020...Última »