Outras Palavras


  • Em São Paulo, a violência gratuita contra gays

    Por Leonardo Sakamoto: O estudante André Baliera, de 27 anos, foi agredido a chutes e socos, na noite desta segunda (3), em Pinheiros, na capital paulista. Após ter sido provocado por dois jovens que passavam de carro e devolver os insultos, acabou espancado. A sociedade tem uma parcela grande de responsabilidade em atos como esse.

  • PT se acovarda diante da mídia

    Por Maurício Caleiro: Determinada pela presidência do PT, a decisão do deputado Odair Cunha (MG), relator da CPI do Cachoeira, de deixar de indiciar cinco jornalistas suspeitos de ligação com o crime organizado tem causado indignação entre os preocupados com o atual estágio das relações entre política, mídia e Justiça no Brasil.

  • Luiz Fux e a fogueira das vaidades

    Do Observatório da Imprensa: Qual seria a verdadeira intenção do ministro Luiz Fux, do STF, ao relatar para a Folha o processo pelo qual conseguiu chegar à Suprema Corte? E qual seria o propósito da Folha ao conceder generosamente duas páginas inteiras às confissões do ministro?

  • FHC lança Aécio e mostra PSDB sem rumo

    Por Ricardo Kotscho: Principal e cada vez mais única voz da oposição que se manifesta e é ouvida, Fernando Henrique Cardoso se antecipou ao PSDB e lançou a candidatura de Aécio Neves para a eleição presidencial de 2014, mas admitiu que o partido ainda não sabe que rumo tomar para definir um discurso de campanha.

  • A quem interessa enfraquecer o Congresso?

    Por Luiz Moreira: Nesta semana, o STF se dedicara a uma questão simples do ponto de vista jurídico, mas altamente complexa para a democracia brasileira. Trata-se da perda imediata de mandatos de Deputados Federais. O caso é simples: o STF obedecerá à Constituição da República ou desbordará de suas competências, invadindo as prerrogativas da Câmara dos Deputados?

  • Exxon e a Falha de S. Paulo: desculpem a nossa Folha

    Por Lino Bocchini: Tomo a liberdade de reproduzir boa parte da reportagem Equipe da Record protesta contra o resultado do Esso, publicada originalmente no ótimo Portal dos Jornalistas, do amigo Eduardo Ribeiro.

  • Indicadores sociais: o Brasil insiste em melhorar

    Do Observatório da Imprensa: Em meio ao noticiário sobre corrupção e violência, os jornais de quinta-feira (29/11) trazem, ainda que de maneira um pouco tímida, novos estudos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), do IBGE, sobre a evolução do fenômeno da mobilidade social no Brasil.

  • Aumenta proporção de negros assassinados

    Do brasilianas.org: ‘Mapa da Violência 2012: A cor do homicídio no Brasil’ aponta queda no número absoluto de homicídios entre a população branca, entretanto mostra aumento considerável do número de vítimas negras. A tendência foi verificada tanto no conjunto geral da população, quanto entre os jovens.

  • Rose & cia indiciados, mas o alvo é Lula

    Por Bob Fernandes: Em tempos de futebolização da política é necessário separar o que é fato, o que é informação, o que é opinião. Fato é que a polícia federal indiciou Rosemary Noronha, a Rose. Outro fato, fato político: aconteça o que acontecer, com Rose ou sem Rose, Lula é e seguirá sendo o grande alvo.

  • 7 de dezembro: Que pasará en Argentina?

    Do Brasil de Fato: O dia 7 de dezembro está sendo chamado de 7D na Argentina. A partir desta data, o maior grupo de mídia argentino deverá se desfazer das licenças de televisão que têm em excesso ao permitido pela lei.