Plenos Poderes


  • Saul Leblon: 50 anos do golpe, ontem e hoje

    Uma simplificação monocausal em torno 1964 remete ameaças a 2014. Ela é disseminada por aqueles que formam o intestino delgado e sinuoso do golpismo, onde se reprocessa tudo no formato de democracia e lei.

  • Escola não pode ter nome de ditador

    Do Escrevinhador O governo do Estado da Bahia mudou oficialmente o nome do Colégio Estadual Presidente Emílio Garrastazu Médici para Carlos Marighella. Essa história começou com uma solicitação de alunos, ex-alunos, professores, pais e responsáveis, além da diretoria da unidade, em defesa da mudança do nome da escola. A mudança foi publicada no Diário Oficial [...]

  • César Maia critica elitismo de Eduardo e Aécio

    O ex-prefeito do Rio, César Maia, deu uma instigante entrevista ao UOL. Analisa o quadro eleitoral sem brigar com os fatos. Faz a crítica aos erros da oposição, mas prevê uma eleição muito dura para Dilma.

  • Decisão do STF sobre Azeredo desnuda mensalão

    Ao decidir, por 8 votos a 1, que Eduardo Azeredo deve ser julgado em Minas Gerais pelas denúncias ligadas ao mensalão tucano, o Supremo fez a opção correta entre a farsa e a justiça. A farsa, como se sabe, consistia em negar a Azeredo o direito de ser julgado em primeira instancia – e depois pedir um segundo julgamento em caso de condenação.

  • Militantes do PT querem impugnar candidatura de Vaccarezza

    O pedido protocolado apresenta resoluções de Congressos, do Diretório Nacional, da Comissão Executiva Nacional e da Bancada do PT na Câmara, sobre a reforma política para provar que Vaccarezza “reiteradamente desrespeitou e não cumpriu as resoluções partidárias”.

  • Levante Popular: contradições da Copa e perspectivas

    “Entendemos que mais importante do que questionarmos a realização da Copa no Brasil é lutarmos contra a estrutura de poder que reproduz sistematicamente a desigualdade em nosso país”, afirma nota.

  • Petroleiros reagem: Oposição e velha mídia tentam desmoralizar Petrobrás

    Mais uma vez, a Petrobrás volta a ser palanque de disputas. Foi assim no governo Lula, foi assim em 2010 e não seria diferente esse ano, quando as pesquisas refletem o apoio ao governo Dilma. Tensionada, a oposição, em conluio com a velha mídia, mira na Petrobrás.

  • Trinta executivos denunciados pelo cartel. Quando será um tucano?

    De acordo com o promotor de Justiça Marcelo Mendroni, do Grupo de Atuação Especial de Combate aos Delitos Econômicos (Gedec), as fraudes teriam ocorrido a partir de 1998. Os prejuízos aos cofres públicos são avaliados em R$ 834,8 milhões.

  • Altman: STF mantém prisão de Dirceu e repete arbitrariedades com Olga e golpe

    O grupo chefiado pelo ministro Joaquim Barbosa resolveu virar as costas para a soberania da instituição que preside. Sob pretexto de regalias e privilégios que jamais se comprovam, mas emergem como verdadeiros nas páginas de jornais e revistas, a José Dirceu se nega o mais comezinho dos direitos.

  • PV lança Eduardo Jorge e propõe liberar aborto e maconha

    “O que o PV quer é a revolução de mudar a forma de viver”, disse Eduardo Jorge. Deputado estadual e federal pelo PT de São Paulo, Eduardo Jorge rompeu com o partido em 2003, após uma série de divergências internas, para se filiar ao PV.