Radar da Mídia


  • Jornalista pede ajuda pra enfrentar Ali Kamel na Justiça

    Roberto Marinho não morreu. Sobrevive e inspira os que comandam a Globo – e não aceitam o pensamento divergente.

  • “Veja” é a barbárie: jornalismo justiceiro

    A “Veja” é a barbárie. A “Veja” – se pudesse – prenderia o pescoço do povo brasileiro no poste. Mas não vai conseguir. Vai perder – de novo

  • Por que Veja é contra o plebiscito pela reforma política

    Ricardo Gebrim: O temor de que a insatisfação ainda difusa da juventude com o sistema político se traduza numa palavra de ordem que ameaça seus interesses deixa claro que combaterão ao máximo essa campanha.

  • Dilma e o porto em Cuba: jornalismo X panfletarismo

    A sábia apresentadora do SBT, com seu discurso ideológico, precisa ter cuidado, para não passar a imagem de que é boneco de ventríloquo dos blogueiros “fofos” da Veja…

  • ´Desculpem nossa falha´: a Globo piscou

    A Globo levou quase 50 anos para reconhecer que foi um “erro” apoiar a ditadura militar. E o fez não a partir de uma avaliação honesta, mas sob o impacto de ter virado alvo do povo nas manifestações de junho.

  • Globo of Brazil and the Orange Street: Cafezinho conta a história em português

    por Miguel do Rosário, n’O Cafezinho Lula ganhou sua primeira eleição presidencial em 27 de outubro de 2002. No dia seguinte, 28 de outubro de 2002, a Globo declara que não tem mais condições de pagar suas dívidas internacionais. O beiço da Globo, saberíamos algum tempo depois, através de uma reportagem da BBC (e depois confirmada [...]

  • Massa de mídias e o novo “midiativismo”

    A imprensa tradicional finge uma isenção e uma objetividade que supostamente justificam sua existência quando, na verdade, não passam de uma farsa; enquanto o midiativismo em rede declara sua condição de ação política e comunicacional afirmativa, apoiada em uma visão de mundo progressista.

  • Crise na Abril: mais de 150 funcionários demitidos!

    Em comunicado oficial, empresa anuncia fechamentos de revistas, portais e cortes em diversos setores da editora.

  • Fantasma do Riocentro não foi exorcizado

    A estrutura verticalizada das redações dificulta o estabelecimento de uma empatia entre a mídia e movimentos que alteram a ordem social, pelo simples fato de que a imprensa parte sempre de um pressuposto de manutenção da ordem estabelecida, até se tornar claro que uma ordem perversa precisa ser alterada.

  • Processo contra Globo sumiu? E os bastidores de uma negociação

    por Rodrigo Vianna Conversei com duas fontes importantes, que trouxeram esclarecimentos sobre o episódio da sonegação de impostos da Globo, denunciada pelo blog “O Cafezinho” de Miguel do Rosário. Uma das fontes é um ex-funcionário público (que conhece bem instituições como a Receita Federal e o Ministério Público no estado do Rio). Esse homem é o mesmo que [...]

Página 5 de 26« Primeira...345671020...Última »